Como escolher a melhor imobiliária?

Negociar um imóvel não é algo simples, o que faz as pessoas correrem atrás de um corretor de imóveis que esteja associado à uma imobiliária. Ele é um profissional capacitado com anos de experiência no assunto, sendo o mais indicado para quem quer vender ou adquirir a casa própria. Mesmo assim, é preciso estar bem atento para não ser enganado. Por isso separamos algumas orientações para que você possa escolher a melhor imobiliária.

banking

1) Pesquise muito sobre quem vai te atender

Conforme dito em matéria na Uol, é muito importante pesquisar o histórico da imobiliária e o corretor que o atenderá. Tente conversar com clientes antigos desta empresa para saber mais informações sobre a atuação e se houve algum tipo de problema durante o contratação do serviço.

2) Faça uma visita na empresa

Dizem que a primeira impressão é a que fica. E é fácil concordar com isso para qualquer tipo de situação, não é mesmo? Outro item importante é fazer uma visita ao endereço físico da empresa. O escritório é organizado e limpo? Tem uma equipe preparada para lhe atender em qualquer dia ou horário? O site da empresa é atraente aos olhos e tem uma boa funcionalidade? Todos esses detalhes fazem toda a diferença, pois assim você saberá que se a imobiliária tem algum diferencial no mercado ou se é mais uma por aí com um serviço mais ou menos.

3) Fique atento! 

Caso você esteja vendo seu imóvel, é preciso ficar atento para que possíveis compradores fiquem sempre acompanhados do corretor na hora da visita. Outro detalhe importante é que imobiliárias trabalham com o sistema de comissão, ou seja, apenas se o dono conseguir um comprador é que um determinado valor da venda será repassado para ela. Desconfie se a empresa pedir um valor em dinheiro sem uma efetiva compra.

4) Leia e releia o contrato

Em se tratando de aluguel, tanto para locador ou locatário, preste atenção nas cláusulas do contrato e tire quaisquer dúvidas que tiver. Se for possível, tire suas dúvidas também com um advogado. Opiniões diversas sempre são boas aliadas para ter uma decisão final mais concreta. Desta forma, é mais provável que você evite problemas futuros.

5) Descontos são sempre bem vindos

Em entrevista ao Terra, Ruberval Ramos Castello, 2º diretor-secretário do Creci-SP, afirma que é preciso dar aquela choradinha básica para conseguir um desconto. Se o cliente não fizer isto, nunca conseguirá pagar menos. E ainda de acordo com Ruberval, corretor com mais de 30 anos de experiência, relevou que nunca conseguiu pegar o valor cheio do imóvel. A internet se tornou uma grande aliada nestas horas, pois você pode fazer uma pesquisa na região e comparar preços.

6) O cliente é o rei

Tenha em mente que não é o corretor que bate o martelo. Evite que a pressão dele te influencie e ainda te faça tomar decisões sem analisar cuidadosamente. Lembre-se que o cliente é considerado rei. Analise muito bem tudo para que as negociações ocorram de maneira tranquila e sem dores de cabeça.

Esperamos que depois de ler estas dicas você possa escolher uma imobiliária que preste um ótimo serviço. E para finalizar o post, no vídeo abaixo você confere dicas adicionais para escolher um bom corretor de imóveis: